Ai que saudade que sinto
Do tempo que nâo passou
Que tristeza e desconsolo
Quisera ser, mas nâo sou.

Meus sonhos, lindas esperanças
Minha vida num sentido
Poder fazer-te feliz
Ansiadade de teu marido.

Amiga, esposa e amante
Mulher, mâe apaixonada
Alma grande pura, sincera
Companheira, querida amada.

Coraçâo poço de amor
Teus olhos tristes ás vezes
Tuas lágrimas uma fonte
Teus pensamentos sâo preces.


Autor: Ribatejano
Música na voz do: Ribatejano