Minha Mâe teus olhos tristes
Alegres eu os quero ver
Pois quando teus olhos choram
Entristece todo o meu sêr.

Sêr que por ti me foi dado
Fruto de quem muinto amou
Querida 'Mâe' sei quanto sofres
Quando ao pé de ti nâo estou.

Nâo sofras 'Mâezinha Querida'
Teu querido filho está bem
Embora encontre a faltar
o Carinho de sua 'Mâe'.

Mâe há só uma é verdade
Todos deveríamos saber
Mas é na distância quando
Mais falta me faz seu 'Sêr'.



Autor: Ribatejano
Música na voz do: Ribatejano