Teus olhos, espelho de tua alma
Penetra profundo em meu ser
Seduz me envolve e acalma
Teu olhar, meu amor, meu querer.

Teus olhos, é amor é pecado
É desejo, delírio é tesão
Cristalinos como a água
Minha fonte de emoção.

Teu olhos, meu doce amado
Meu sonho minha obsessão
Despe-me o corpo e a alma
Provoca uma grande explosão.

Teus olhos são meus encantos
Excita-me, e me levam a loucura
Quando encontram-se com os meus
Transbordam de amor,e ternura.

Teus olhos são meigos e quentes
Me prende como uma teia
São raios de sol de verão
Ou o clarão da lua cheia.

Incendeia-me, e queimo em fogo
Como as lavas de um vulcão
E das chamas dos teus olhos
Nasceu o amor, minha paixão!

Ah! Teus olhos!



Autora: Pequenina

Música na Voz do: Ribatejano