Ser feliz, é ter alguém com quem...
Possamos compartilhar a nossa vida
Aqueles momentos bons, e os ruins
Tudo com igualdade, e na medida certa
Dividirmos o amor, os dissabores
As alegrias, e também as dores
Para que se torne mais fácil
Os sentimentos?
Estes seriam partidos meio, a meio
Amar, respeitar, e ser amada
Mas sabemos que não é assim vida procede
Por vezes amamos a pessoa errada
Onde muito damos de nós
E nada recebemos em troca
Vejam! Estou eu sozinha...
N'uma casa, onde o calor humano
É apenas o do meu corpo
Um corpo que traz dentro de si
Um coração pesado, magoado
Espezinhado, e sofrido
Por sua pópria estupidez
Tendo o silêncio, como companheiro
A saudade, como abrigo
A solidão, como o ninho
E como amor, o meu vinho...
E assim, nas horas negras da vida
Tento ser firme, ser forte
E implorar da vida, a morte...
Amiga, leve-me contigo...
Faça-me companhia...
Estou cansada de ser Só...



Autora: Pequenina