Que força é esta, que me atrai e encanta
Que tens na alma, que me deixas tonta
Será o acaso, que te pôs em meu caminho
Ou é a vida que comigo apronta.

Será teus ais, apenas um lamento
Ou um grito de amor e sedução
Nem tu entendes que se passa em ti
Loucuras, sonhos, ou alucinação.

Experiências, será que nos basta¿
Se a cada passo, o desconhecido surge
E nos envolve, atirando um laço
E do destino, deste ninguém foge.

O tempo passa, disto não duvides
Com ele as marcas, logo apagarão
E das lembranças boas que restaram
Ficou contigo teu melhor 'Quinhão'.

Recomeçar, é renascer para a vida
Reconstruir, é reparar os danos
Siga em frente, sem olhar p'ra trás
Não te censures, pois somos 'Humanos'!

Que força é esta¿ Que me envolve a alma
Que me seduz, sem medo de amar
Porque sofrer¿ Viver é importante...
Força e coragem, e vamos cavalgar.

Correr os campos, livres a sonhar
Viver em glória, sem nada lembrar
Na relva verde, entre árvores gigantes
Ou entre as ondas, ao sabor do Mar.

Autora: Pequenina
18/07/02