Olhos vazios, sombrios
Perdidos na imensidão
Envolto na escuridão
Como uma noite sem luar
E eu escondo-me com medo
Sei que não vou te encontrar.

A vida deu-te a mim
Para depois me roubar
Sem dó, e sem piedade
Deixou-me no mesmo lugar
Perdida a vagar sozinha
Sem nunca me encontrar.

Ah! Se cá estivesses
Darias luz aos meus olhos
Iluminarias o meu caminho
Contaríamos as estrelas
No céu azul do infinito
Silenciando o meu grito.

No alto da enseada
Onde á lua faz morada
Findaria a minha busca
As lágrimas, e o meu penar
E quem sabe, nesta noite
Junto a ti, eu hei de estar...


Autora: Pequenina
Música na Voz do: Ribatejano