Quem, e o que somos

Nós que caminhamos em cima de dois pés, se estamos saudáveis, sem precisar de mão para nos ajudar a caminhar, somos considerados seres humanos.

E dentre todos os seres vivos fomos concebidos com razão; o que nós dizemos animal racional, o mesmo que ter um pensamento com saber lógico, onde pode crivar ou discernir o bem do mal, o rir do chorar, o de ser responsável ou ser calaceiro, enfim diferenciar o aprender, do saber, compreender que a roda é reinventada a cada segundo.

Infelizmente quantas vezes nós agimos errados, e vamos dizer, ai!… se eu tivesse pensado; nós tínhamos a sabedoria suficiente, para ter evitado problemas, mas escolhemos a precipitação.

Estas coisas de agir sem pensar, ou com hipocrisia, acarreta-nos muitos dissabores, que nos faz sofrer, e ainda pior, vai fazer sofrer o resto da sociedade.

Pois é verdade, mas nós fomos feitos para errar, ou então como dizem as gentes viradas para as religiões, fomos feitos à vontade de Deus.

Só o que eu, é que não acredito, que deus procura-se fazer tantos mancos, tantos cegos, tantos doentes, tantos paralíticos, tantos assassinos, tantos mentirosos, tantos hipócritas, tantos egoístas e oportunistas.

Eu não acredito que deus queira tantas guerras de religiões, e cada uma das religiões reclame a verdade para si, cada uma reclame o direito de matar a sua maneira, cada um pegar no direito de reger o vizinho, incendiando-lhe e destruindo seu teto.

É muito difícil de compreender, que os deuses tenham ensinado as gentes a matarem-se para matar, é muito difícil de compreender que deus tenha dado ordens para matar uma jovem, que tenha usado o seu corpo por amor; e desse amor, nascer uma nova alma.

Infelizmente é o que acontece numa grande parte de países onde é praticada a religião Islâmica, ainda agora no mesmo país onde se encontraram os mísseis mundiais, estão condenadas a morrer à pedrada cinco jovens por conceber fora do matrimonio.

Pobres mulheres, não têm direito de apagar o fogo de seu corpo, e os homens com todo o poder e hipocrisia tem o direito de tantas virgens.
Sempre houve diferentes seitas religiosas, e sempre houve pessoas que lhes fora dado o apelido de ateus.

Mas a verdade é que esses a que chamaram ateus, foram e são sábios cientistas que mais tem contribuído para o bem estar de todas as civilizações.

Mas a verdade é que essas civilizações sempre foram destruídas, pelos fanáticos e hipócritas dessas mesmas religiões.

Esta coisa de hipocrisia tem afetado todas as camadas sociais me lembro; vejam, no governo Clinton quase que o matara, retirando-lhe quase gota a gota de seu sangue.

Qual o crime?….. bom um crime que toda a hipocrisia comete se lhes derem oportunidade.

Depois pelo dinheiro e o poder da hipócrita justiça, plantaram nu lugar um homem.

Pleno de poder e idéias sangrentas de guerra, onde procura arrastar o mundo a essa mesma guerra.

Este não leva o mundo a atuar conforme as necessidades, quer obrigar a que todos lhe comprem armas para matar, encobrindo assim a ineficácia de saber governar, mas quase toda a nação se tem ajoelhado ao seu poder.

O nosso Primeiro ministro porque não castigou a quem o rotulou com um nome que o mundo sabe que as provas que esse Sr. tem dado até hoje, o é realmente. (Como?) (moron)
Os colegas de parlamento, o crucificaram, pobre Jean Critean.

Verdade que não podemos ignorar que estamos outra vez entre uma onda de ódio e inveja por parte dos sarracenos como diziam no tempo de D. Afonso Henrique, nosso primeiro rei, estes destruíram a Europa mil anos atrás, foi uma guerra de vida ou de morte perante os reis da península Ibérica e os Mouros, cuja semente ainda lá existe e não morrerá, continuam a matar por todo o mundo; ainda estes dias no Kenia morreram mais de 200 lutando pelo direito, e da beleza da mulher.

Estas beldades que fariam inveja e desejos aos deuses do amor, tiveram de fugir, para exibir o desejo da carne, tudo que faz viver o mundo, para que esta vida tenha o maior significado.

Verdade é que se essa gente não aprende a viver como gente terá de ser formado outro exercito de cruzados, e a guerra de religiões terá de continuar muito mais feroz que a mil anos atrás, ou aniquilar essas mentes sarracenos, ou sermos aniquilados, para que volte mais mil anos de paz a terra.

Depois deixar a ciência governar, controlar a D.N.A. e as novas gnomas, para nascer uma raça sem instintos malignos, que a nova raça irradiando beleza e amor; amadureçam numa semente de amor suavidade e carinho.

Ora então se nascemos com saúde e com razão no pensar, e cientificamente se pode clonar, eu estou de acordo que clonem a igualdade, que clonem a beleza, que clonem o amor, que clonem a pureza do ar, que clonem a clareza e pureza da água, que clonem a alegria de viver, que clonem a meiguice dum abraço, a doçura de um beijo, o prazer do entrelaçar de uma mulher, mas que deixei morrer o egoísmo dum rico, os deuses hipócritas, esses que se matem pelas suas verdades, mas que deixem os ateus que apenas querem crer em igualdade e amor.

Por: Armando C. Sousa

Enviar a um amigo
clique ao lado!!!

Voltar