As armas biológicas no Iraque


Para eu ficar em paz com a minha consciência será muito importante encontrar essas armas, de destruição maciças, que foi o argumento desta guerra sem justificação na minha maneira de ver.

Ao menos se encontrassem essas armas o mundo iria odiar menos a América.

Se não encontrarem essas armas, o mundo que tanto protestou contra as ações de Bush e dos argumentos do Primeiro Inglês, irá concluir e com razão, que esta administração é incompetente assim como são incompetentes aqueles que covardemente lhe emprestaram duas centenas de soldados para formar o nome de coligação.

O medo se irá apoderar mais ainda, e agravar as doenças maníacas que assolam o mundo.

Quer de éticas quer de crenças, as bombas humanas se irão multiplicar; as caras das mulheres se vendar com mais freqüência, em nome da religião, para cometer mais atos terroristas como vingança.

Ou mesmo os homens se vestiram de mulher de cara tapada para ganhar as 75 virgens depois de se partirem em migalhas com meia dúzia de quilos de dinamite ou plástico detonante.

Para aqueles que suportaram esta guerra, não tem importância que encontrem essas armas de destruição, ou não encontrem, para eles, a guerra está justificada, porque esses nunca tiveram senso de justiça, para esses o mais forte é lei dos mais fortes.
Dizer-vos que fiquei triste por ver depor esse assino com mania de supremo Senhor?…Não.

A minha tristeza é de ter visto a injustiça no corpo de tantas crianças, ver a morte chegar sem que tenham causado mal, a minha tristeza é de ver homens e mulheres escaveirados pela fome.

Desarmar Saddam Hussein de armas de destruição maciça era o primeiro argumento dos Americanos, mas cheio de mentiras e calunias.

A grande verdade meus amigos; era vingança. O obter petróleo. O poder dominar o Médio Oriente, o mostrar ao mundo quem tem o poder, o mostrar quem é o senhor do planeta terra.

Verdade que eles tem o grande poder de forjar mentiras, verdade que uma grande parte tem de aderir duma maneira ou d’outra, mas também é verdade que o primeiro Ministro Jean Cristean e o presidente Francês o Chanceler alemão o Russiano Potin, ou todos aqueles que não votaram, para esta guerra, tinham razão.

Mas existe uma máquina bem untada com o material mais poderoso que desenferruja todas as rodas, endireita-lhes os dentes, e capaz de fabricar mesmo a descoberta dum novo planeta com seres vivos que encantam, ou podem destruir toda a humanidade.

Esse maravilhoso combustível feito da podridão é de fabrico capitalista, e chama-se...

(imprensa).

Mas não são estes jornais comunitários, estes não tem energia para acender uma vela.

São sim, essas multinacionais de televisão e cadeias de jornais, que publicam minuto a minuto na Internet, mas só o que o capitalismo desejar.

Reparai que um caso só é caso enquanto eles querem, de momento deixou de ser, mas o problema continua; sabes tu como terminou? Não só eles, os capitalistas senhores da podridão.

Tu ficaste marginado, fora do jogo.

Sim, os inspetores sabem bem que existem armas de destruição maciça numa grande parte das nações, do planeta.

São centenas de milhões de crianças que morrem com essas armas de destruição maciça.

Mas o capitalismo procura destruir a todo o custo o antídoto que exterminaria essas armas de destruição maciça.

A maior arma de destruição maciça chama-se (pobreza) e o seu antídoto, terá nome de igualdade.

O material gasto em balas e carros de guerra, podiam fabricar enxadas para cavar a terra, e maquinas para captar, e ensinar como captar e filtrar essa água dos lençóis debaixo do solo.

Sim, digo pobreza; dessa pobreza deriva a fome, e essa é que é de destruição maciça.
Não saberão esses inspetores como encontrar a ignorância que fazem nascer tantas crianças sem serem desejadas? Para depois os pais as deixarem morrer sem as poderem sustentar?

Vejam nos arquivos de tantos Bispos a miséria que padres tem causado por esse mundo fora. Será que poderá um inspetor honesto, mas ateu entrar nos arquivos papais para ver quantos bispos denunciaram seus padres, e quantas vezes pediram para que a igreja seja composta de padres casados para saberem quanto amor se dedica a uma criança e a responsabilidade de criar filhos?

Será que esses inspetores poderiam dizer-nos o porquê, que uma mulher não pode ser uma educadora da religião.

Poderíamos de verdade saber porquê o motivo que a religião que se deveria basear-se em igualdade, continua a proteger o machismo?

Verdade, que os governos mais democráticos aconselham o uso da borrachinha nos atos sexuais imprevistos, ou a pastilha do outro dia; mas esses métodos são condenados pela igreja, para depois vermos surgir um grande numero de pedófilos dentro da mesma igreja.

Não será tempo dos governos rever essas armas de destruição moral maciça e cada um desses seres maléficos ser capados, quimicamente, ou em certos casos cortar-lhes a bola.

Durante três meses que os soldados Americanos andam procurando nas terras dos contos das mil uma noite, armas de destruição maciça, não me admira que a ganga da podridão fabrique mais um desses contos, para encobrir as verdadeiras armas que venho citando.

Da minha parte sei que o sentimento do amor é considerado o maior e mais puro sentimento, da minha parte estou convencido que o sentimento da igualdade enalteceria o amor e acabaria com todas as guerras e desavenças que assolam o ser humano.


Por: Armando C. Sousa

Enviar a um amigo
clique ao lado!!!

Voltar