Teu beijo é de mel docinho
Tua face charmosa de cor
Teu sorriso brando, de carinho
Enche meu coração de amor.

Não me esqueço do sonho
Tua imagem está na lembrança
O teu grito longo e medonho
Outra vez, não tenho esperança.

Terno e prolongado teu beijo
Vivo, sincero não a sonhar
O mel de teus lábios eu desejo
Vivo meus dias nele a pensar.

Quero-o ainda mais sumarento
Como o que recebi a sonhar
Os dois de estrela em estrela
Braços cruzado num balouçar.

Serrados em grande desejo
Num gozo de prazer e amor
Encontro das estrelas e lampejo
Acórdo em jardim sem flor.


Por: Armando C. Sousa