Brasil em mil e quinhentos não nasceu
À milhões de anos que tinha nascido
Apenas ficou encapsulado: adormecido.

Agora sim, ao entrar na primavera
Com Lula; nascerá a nova era
Hoje entrará em período das dores
Vós Brasileiros; defini vossos amores.

Não é a igreja que vos unirá
Mas sim a ciência que vos dará a visão
Ver nascer uma grande Nação.

Trabalhai, tratai todos com igualdade e amor
Hoje será semeado o jardim
Que fará deste grande País, linda enorme flor
Igualdade terá, mil e uma cor.

Sangue de meus avós está a bradar
Por uma igualdade sem par iniciar
Todas as raças e cores dai as mãos em união.

Todos juntos Brasileiros
Podereis fazer a mais bela nação
Em ti Brasil, a beleza da mulher crescerá
E a ti Brasileiro, ela te respeitará.

Na igualdade e no amor
Onde não haverá escravo ou Senhor
Gente deste grande Brasil, não mais será cativa
Vai dizer não à droga, e sim ao viver sua vida
Com trabalho, erguer tua Pátria caída.

Vais cultivar nela tua riqueza
Este parto será difícil.

Mas vida nova vai nascer
Se bateres o pé ao capitalismo desmedido
Não vos esqueceis que pelo seu egoísmo
Tanto o vosso povo tem sofrido.


Por: Armando C. Sousa

Em: 07/10/02