Frágeis e solitários
caminhamos por estradas vazias
buscando o Amanhã

Despedaçando verdades
para depois vomitá-las
morrendo e renascendo
com o passar dos dias

Agarramo-nos a falsas idéias
cegados por sua beleza
procuramos pelo prazer
para que possamos esquecer

O ciclo do tempo
desafia a Razão
instigando a angústia
destruindo partes de nós

Nas profundezas
de Medo, Loucura e Desengano
ainda há, porém, Esperança.

O Sol incandescente
aquece e nutre
nossos sonhos de Ser

O Sol, a Vida
ilumina nossas mentes
lembrando
que pode existir um futuro

A sabedoria não está nas palavras
mas sim nos corações dos homens.

Por um labirinto
de Incerteza e Decepção
deveremos prosseguir
com a lembrança viva dos raios do Sol.



Autor: Evoqa