Quero ser teu marinheiro
Em teu barco navegar ...
Conhecer teu corpo inteiro
No momento em que te amar

Mergulhar em teu sorriso
Em tuas águas de corais
Dominar-te ... sem aviso
encontrar-te em teus ais

Descobrir teus sentimentos
Içar vela em teus desejos ...
livrar-te de tantos lamentos
Navegando em meus lampejos

Em teu oceano submergir
buscar sonhos naufragados
E poder retornar, emergir...
Com teus medos aplacados

Se a deriva eu te encontrar
Meu norte, a ti confiarei
Para poder me entregar
À mulher que sempre amei

Navegando em altos mares
Sobre as ondas suntuosas
Buscarei em teus olhares
Expressões mais virtuosas

Beberei da tua água
Salgadinha, o teu suor
Findarei toda tua mágoa
Estarei sempre ao teu redor

Se navegas com o meu leme
Em gozos de amor transbordas
Pois quem me ama nada teme
Teu barco em meu porto abordas

E tantas outras viagens de amor
Nós faremos suceder, Oh ! querida
Provarás o mais delicioso sabor
De amar ... gozarás ... por toda a vida.


Autor: Heraldo Lage